Carrinho

Sua empresa está preparada para a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais?

A LGPD deve entrar em vigor até agosto de 2020 e gerará grande impacto em diversos negócios.

Em agosto de 2020, entrará em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD, Lei nº 13.709/2018), que regulamenta o tratamento de empresas quanto à alimentação e manutenção de dados pessoais de indivíduos. 

Sancionada em agosto de 2018, a Lei nº 13.709/2018 e baseada no Regulamento Geral de Proteção de Dados Europeu (GDPR), que já está em execução desde 2018, a legislação brasileira também tem como objetivo regulamentar o tratamento de dados pessoais dos indivíduos, a fim de garantir os direitos fundamentais relacionados à proteção da liberdade, privacidade e intimidade e permitir aos titulares mais transparência e controle sobre a forma como são utilizados os seus dados.  

Empresas de todos os portes serão impactadas pela medida e devem adequar seus bancos de dados às exigências legais e evitar penalizações. O primeiro esforço é realizar um diagnóstico que aponte o tipo de dado que a empresa possui e se há infraestrutura para armazená-los com segurança. O assessor jurídico do Sebrae/SC, Pedro Pirajá, explica que esse processo é conduzido por uma consultoria e pode levar até um ano para ser concretizado. Desse modo, micro e pequenos negócios que ainda não agiram para se adaptarem à norma devem fazê-lo o quanto antes, a fim de evitar multas.

Tendo menos de um ano para a lei entrar em vigor no país e com 85% das organizações brasileiras ainda despreparadas para as exigências da LGPD, de acordo com um levantamento feito pela Serasa Experian em 2019, o SIS preparou um relatório com o intuito de esclarecer aos pequenos negócios as obrigações legais criadas com a nova legislação e apresentar os desafios e oportunidades que surgem com o novo cenário.

Veja relatório SIS [+]
https://atendimento.sebrae-sc.com.br/inteligencia/relatorio-de-inteligencia/lei-de-protecao-de-dados-pessoais-lgpd

Fonte: www.sebrae-sc.com.br

Agora ficou ainda mais fácil importar e exportar o arquivo da sua arte. Atualize seus gabaritos e saiba como evitar surpresas desagradáveis na hora da impressão!

Sempre buscamos novas formas de facilitar o processo de criação e fechamento de arquivos das suas artes afim de evitarmos ao máximo surpresas desagradáveis no processo de impressão e principalmente no recebimento dos seus materiais gráficos.
A atual mudança em nossos gabaritos para o formato *.PDF faz com que seja mais fácil a importação em qualquer software gráfico como também na exportação do seu arquivo.

Independente se é você que cria suas artes ou tem algum parceiro que presta este tipo de serviço, vale lembrar que recomendamos ficarem atentos às nossas dicas e tutoriais. Confira abaixo algumas informações importantes:

 

01. A importância do uso dos gabaritos.
Utilize sempre os gabaritos disponíveis na página de configuração de produtos, são essenciais para garantir o envio corretamente e agilizando o processo de análise, podendo chegar ainda mais rápido na produção.

02. Conferência dos arquivos
Depois que você fechar o seu arquivo em PDF, sempre confira todas as informações textuais, elementos gráficos e cores. Tudo que aparecer no PDF, irá aparecer na impressão.

03. Abuse da criatividade, porém, fique atento às limitações técnicas do processo de impressão.
Disponibilizamos na página de cada produto, dicas importantes para que seu impresso saia da melhor forma possível. Caso ainda tenha alguma dúvida, consulte nossos atendentes ou arte-finalistas.

04. Preparamos um tutorial rápido para o uso dos novos gabaritos.
Caso tenha alguma dúvida, contate-nos através dos diversos canais disponíveis.

Abrindo o arquivo no CorelDRAW

Para abrir o gabarito corretamente do CorelDRAW, vá em ARQUIVO, depois em ABRIR, selecione o PDF do gabarito baixado e clique em ABRIR. Na sequência aparecerá uma janela de diálogo, você pode importar o PDF em curva ou texto, é indiferente.
Veja exemplo abaixo:

Dessa forma a página é aberta no tamanho que a arte deve ser enviada, já com a sangria e as linhas de corte e de segurança de texto/imagem. Antes de iniciar a criação da sua arte em cima do gabarito, não esquecer de desativar, em todas as página, a impressora e bloquear as linhas do gabarito, para que não atrapalhem na construção da arte e não apareçam na impressão.
Veja o exemplo:

Caso não esteja visualizando as linhas do gabarito após abri-lo, verifique se o ícone de visualização (olho), está ativado.
Observe a imagem à direita acima.

Abrindo o arquivo no Illustrator

Para abrir o gabarito corretamente do Illustrator, vá em ARQUIVO, depois em ABRIR, selecione o PDF do gabarito baixado e clique em ABRIR. Na sequência aparecerá uma janela de diálogo, selecione a opção para importar todas páginas caso tenha mais de uma. Veja exemplo abaixo:

Dessa forma a página é aberta no tamanho que a arte deve ser enviada, já com a sangria e as linhas de corte e de segurança de texto/imagem. Antes de iniciar a criação da sua arte em cima do gabarito, não esqueça de bloquear em todas as página, a impressora e bloquear as linhas do gabarito, para que não atrapalhem na construção da arte e não apareçam na impressão.
Isso pode ser alterado na janela LAYER/CAMADAS. Veja o exemplo:

Ao finalizar a construção da arte não esqueça de desativar a visualização das linhas guias no ícone “olho” para que as linhas não saiam na impressão da arte.

Sempre confira o PDF depois da exportação, tudo que aparecer no PDF aparecerá na impressão.
Caso tenha dúvidas referente ao fechamento de arquivo, consulte aqui: Corel DrawIllustrator ou Indesign.

Sobre a proibição de distribuição de impressos publicitários em vias públicas.


O DECRETO Nº 59.172, de 13 de Janeiro de 2020

Regulamenta o artigo 26 da Lei nº 14.517, de 16 de outubro de 2007, que proíbe, nas vias e logradouros públicos, a distribuição de folhetos, panfletos ou qualquer tipo de material impresso veiculando mensagens publicitárias, entregues manualmente, lançados de veículos, aeronaves ou edificações ou oferecidos em mostruários.

Importante deixar bem claro: 


• Aplica-se somente a mensagens publicitárias;

Tem validade apenas no município de São Paulo-SP;

• A proibição é para vias públicas, podendo permanecer a distribuição no interior dos estabelecimentos.

Leia na íntegra o decreto:
http://legislacao.prefeitura.sp.gov.br/leis/decreto-59172-de-13-de-janeiro-de-2020

Como você acha que essa lei irá impactar o seu negócio?
Compartilhe sua opinião conosco através dos comentários em nossas redes sociais.

Open chat
1
Precisa de ajuda?
Olá. Podemos ajudar?

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nosso site, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa política de privacidade.